Categorias de base do São Paulo FC retomam conquistas nacionais e internacionais

Depois de algum tempo fora do cenário nacional e internacional, o São Paulo Futebol Clube volta a ser protagonista das principais competições de categorias de base no Brasil e no exterior. A mais recente conquista foi a 32ª edição da tradicional Taça BH sub-17, disputada em Minas Gerais, entre os dias 10 e 24 de julho. A campanha invicta do Tricolor Paulista em terras mineiras contou com cinco vitórias e dois empates, culminando com uma goleada de 4 a 1 sobre o Palmeiras, na grande final, que ocorreu no Estádio Independência, em Belo Horizonte/MG.

Dos 21 atletas que fizeram parte do grupo campeão da Taça BH, seis deles têm idade para atuarem no sub-16: o atacante Brenner, o meia Hélio, o zagueiro Miguel, o volante Rodrigo e os laterais Marco Antônio e Weverson. Juntos, eles fizeram oito dos 22 gols tricolores na competição e mostraram a força da nova geração que vem por aí, evidenciando a qualidade do novo trabalho desenvolvido junto às categorias de base do clube, com a gerência de Rodolfo Canavesi e coordenação técnica de Diego Cabrera.

O goleiro Rafael de Lacerda Fernandes (ao lado), também com idade sub-16, treina frequentemente com o elenco campeão da Taça BH e ressalta as qualidades dos companheiros de clube. “O grupo é bastante forte. São todos atletas de muita qualidade buscando espaço. Isso deixa a concorrência muito elevada. No entanto, nossa convivência diária no CT de Cotia é muito sadia, o que fortalece o espírito de união”, revelou.

Rafael com o troféu da Copa Ouro Sub-17

Goleiro Rafael com o troféu da Copa Ouro Sub-17, disputado pela equipe sub-16

Rafael é companheiro de quarto do lateral esquerdo Weverson, autor do terceiro gol na final contra o Palmeiras. “Ele é um excelente jogador e colega. Convivemos juntos desde o ano passado. É merecedor desta conquista”. Rafael ainda revelou que ambos conversam bastante sobre o surgimento das oportunidades em grandes competições. “Somos muito tranquilos neste sentido. Focamos muito no trabalho diário, pois quando a chance aparecer temos que estar prontos para dar conta do recado”, disse.

Rafael é gaúcho e chegou ao clube em janeiro de 2014, depois de passar por Grêmio e Vasco. No início de abril deste ano ajudou o São Paulo a conquistar, de forma invicta, a 14ª edição da Copa Ouro sub-17, com seis vitórias e um empate. Detalhe: o Tricolor disputou o torneio com a equipe sub-16. Agora, o arqueiro são-paulino segue firme nos treinamentos visando aos preparativos para a Salvador Cup, que vai ocorrer na capital baiana entre os dias 24 e 28 de agosto. Além do São Paulo, o torneio vai contar com a presença de grandes equipes do Brasil como Bahia, Cruzeiro, Sport, Vitória, Corinthians, Palmeiras, Atlético-PR, entre outros.

Depois de quase uma década afastado das principais conquistas de base do Brasil, o Tricolor Paulista volta a ser protagonista no país e fora dele. O ano de 2015, particularmente, foi um ano especial. O São Paulo foi Campeão da Copa do Brasil Sub-20, da Copa RS Sub-20, da Copa Ouro Sub-20 e do Campeonato Paulista Sub-17. E no primeiro semestre de 2016 já emplacou com a conquista da Libertadores sub-20, Copa Ouro Sub-17 e Taça BH Sub-17.

Por KOKKA SPORTS
Assessoria em Comunicação

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

São Paulo larga com duas vitórias na Copa Ouro sub-17

Mesmo atuando com um time um ano abaixo da categoria, o São Paulo Futebol Clube iniciou bem a Copa Ouro sub-17. No dia 02 de março, atuando no CT Laudo Natel, a equipe são-paulina estreou com vitória sobre o AD Minas Gerais pelo placar de 4 a 0. No último dia 8, o Tricolor viajou até Carapicuíba, que fica cerca de 20 quilômetros da Capital, e derrotou o Aliança Atlética FC por 4 a 2.

Vale destacar que o São Paulo optou por colocar a equipe sub-16 na disputa para aumentar o grau de exigência na formação dos atletas. Na competição sub-15, o Tricolor adotou o mesmo critério, ou seja, é a sub-14 que entra em campo para defender as cores vermelha, preta e branca.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O goleiro Rafael de Lacerda Fernandes (de azul, na foto) atleta da equipe sub-16 que faz parte do time 100% na competição, comenta sobre o fato de enfrentar  jogadores, teoricamente, mais experimentados.

“Atuar fora de casa, contra adversários mais experientes, é um grande teste para todos nós, pois nos dá um ritmo forte de jogo. As partidas têm muito mais competitividade. Fico feliz de poder ajudar a equipe com mais uma vitória, nesta largada”, avaliou o goleiro Rafael, após a segunda vitória no torneio.

A tradicional Copa Ouro sub-17, organizada pela Associação Paulista de Futebol, está na sua 14ª edição. Neste ano, o certame conta com 11 equipes, divididas em dois grupos. O grupo A conta com seis times e o grupo B com cinco. Os confrontos acontecem dentro do próprio grupo, em turno único, e os quatro melhores de cada chave avançam às quartas de finais.

O São Paulo está no grupo B, ao lado de Grêmio Osasco Audax, Guarujá, Aliança Atlética e AD Minas Gerais. O Grupo A é composto por Guarani, Desportivo Brasil, Rio Branco, União Suzano, União Mogi e São Bento. As próximas duas partidas do São Paulo encerram a participação nesta primeira fase e ocorrem nos dias 19 e 23 de março, contra Osasco e Guarujá, respectivamente. A final está prevista para acontecer no início de abril.

Por Kokka Sports Assessoria em Comunicação 

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Goleiro Rafael Fernandes saúda companheiros campeões sul-americanos

No dia 6 de dezembro, ao derrotar o Uruguai nas penalidades por 5 a 4, depois de um empate em 0 a 0 no tempo regulamentar, o Brasil conquistou o tetracampeonato Sul-Americano sub-15. No grupo campeão estiveram três integrantes do São Paulo Futebol Clube. O goleiro Rafael de Lacerda Fernandes parabeniza os companheiros e saúda a presença de são-paulinos no torneio realizado na Colômbia.

- Ficamos felizes com atletas que convivemos no dia a dia ganhando títulos. E o fato de ter companheiros bem próximos atuando na Seleção nos serve de motivação para buscarmos nosso espaço também. Estar num clube que nos oferece toda esta estrutura nos permite sonhar em representar o São Paulo na Seleção Brasileira – avaliou o jovem goleiro Tricolor. 

Seleção Brasileira conquistou o quarto título em sete edições | Foto: CBF

Os Tricolor esteve representado na Colômbia pelos atletas Arthur Gazze e Iago, mais o auxiliar técnico Rafael Alan. Além deles, a equipe foi comandada por Guilherme Dalla Déa, ex-técnico são-paulino. Dalla Déa deixou o time paulista justamente para assumir o comando técnico da Seleção.

Por Kokka Sports Assessoria em Comunicação 

Publicado em Sem categoria | Com a tag , | Deixar um comentário

Obrigado, professor(es)!

Rafael Fernandes em treinamento

Quem é atleta de futebol não pode deixar o dia 1º de setembro passar em branco. No Brasil, nesta data comemora-se o Dia do Profissional de Educação Física, um momento voltado para a valorização e reflexão das várias modalidades que englobam essa profissão tão presente no nosso dia a dia.

Dizem que o goleiro é o mais exigido no treinamento. É o primeiro a chegar e o último a sair. São anos a fio com treinos diários. Faça chuva ou faça sol ele está ali, buscando aprimoramento constante para fazer o melhor quando exigido for, pois ao contrário de qualquer outra posição, um passo em falso pode ser fatal para si e para todo um coletivo.

É uma responsabilidade e tanto. E não há goleiro autodidata. Ele começa pequenino, de maneira lúdica, mas sempre na companhia de um professor. E é o “sor” que está ali, ao lado dos postes, para apertar o velcro das primeiras luvas. Ele está sempre pronto para ajudar a levantar nas primeiras quedas laterais ardidas, quase sem técnica. Os anos vão passando e os movimentos vão ganhando qualidade, surge a posição expectativa, a passada lateral, o salto com punho e perna flexionada, a reposição, as defesas baixa, média e alta, entre outros inúmeros fundamentos.

Enfim, hoje é dia de agradecer todos os profissionais da Educação Física que muito me ajudaram na formação, quer seja como atleta de futebol ou como cidadão. Nenhum grande goleiro se torna grande se não houver a ajuda, o preparo e o trabalho intenso destes abnegados profissionais.

Muito obrigado, professor(es)!

Por Kokka Sports – Assessoria em Comunicação

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Com 63 clubes, São Paulo sub-15 encerra 1º turno do Paulista com a melhor campanha

Ainda é cedo, se passaram apenas sete rodadas, mas terminar o primeiro turno da primeira fase do campeonato estadual mais difícil do país com o melhor retrospecto entre as 63 agremiações que disputam a competição é algo a ser ressaltado. O São Paulo Futebol Clube jogou sete partidas e venceu seis. O líder do Grupo 5 tem um aproveitamento de 86%, marcou 18 gols, sofreu apenas três e ainda detém o posto de equipe mais disciplinada da chave, o que pode trazer vantagens em etapas posteriores, de acordo com o regulamento.

RafalFernandes_ArquivoPessoal

Goleiro Rafael Fernandes em ação na vitória de 4 a 1 sobre a Portuguesa | Kokka Sports – divulgação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O goleiro gaúcho Rafael de Lacerda Fernandes, que chegou ao Tricolor em janeiro de 2014, é um dos atletas que compõem o grupo do atual campeão paulista da categoria. O São Paulo tem a filosofia de optar por revezamento entre os arqueiros sub-15. Nas sete partidas disputas até o momento, quatro atletas já foram relacionados para a função. Rafael teve a oportunidade de atuar em duas partidas completas como titular e foi feliz em ambas, nas vitórias de 3 a 0 sobre o Nacional, fora de casa, e na de 4 a 1 sobre a Portuguesa de Desportos, atuando como mandante, no CT de Cotia. O Campeonato Paulista é longo, dividido em seis fases, vai até o dia 28 de novembro. Se chegar à final, o São Paulo jogará 32 partidas e Rafael terá muitas oportunidades de defender a camisa 1 são-paulina.

Antes de entrar em campo pelo Estadual, o camisa 1 atuou na Copa Ouro, torneio com equipes do interior do Estado de SP, e teve a oportunidade de fazer parte da campanha da conquista do terceiro lugar na 22ª edição da Copa Nike, que foi disputada na cidade de Porto Feliz/SP. A equipe são-paulina, que brigou pelo título até a última partida, estabeleceu um recorde na história da competição, ao terminá-la com 16 gols marcados. Os meninos do São Paulo terminaram a primeira fase da Copa Nike de forma invicta, vencendo Ponte Preta (3×0), Grêmio (2×0), Cruzeiro (4×1) e Coritiba (4×0). O clube brasileiro já foi campeão da etapa nacional cinco vezes: 1998, 2002, 2006, 2007 e 2009, além de ter sido campeão mundial em duas ocasiões: 2002 e 2009. Perde apenas para o Barcelona, que tem uma conquista a mais.

“Tivemos a troca de treinador, a implantação de um novo esquema tático desde a Copa Nike e vem dando certo. Fico muito feliz quando posso ajudar o São Paulo com as vitórias”, disse o goleiro Rafael de Lacerda Fernandes.

A próxima partida do Tricolor Paulista pelo Estadual é no sábado, 30 de maio, quando recebe o São Caetano no Centro de Treinamentos Laudo Natel, em Cotia/SP. No primeiro turno, a equipe são-paulina venceu por 1 a 0.

Grupo 5 – Jogos da 1ª fase
1ª rodada (11/04) – São Caetano 0 x 1 São Paulo
2ª rodada (18/04) – São Paulo 0 x 2 Audax
3ª rodada (25/04) – Nacional 0 x 3 São Paulo
4ª rodada (1º/05) – São Paulo 3 x 0 Juventus
5ª rodada (09/05) – Taboão da Serra 0 x 6 São Paulo
6ª rodada (16/05) – São Paulo 4 x 1 Portuguesa
7ª rodada (23/05) – Sorocaba 0 x 1 São Paulo
8ª rodada (30/05) – São Paulo x São Caetano
9ª rodada (06/06) – Audax x São Paulo
10ª rodada (13/06) – São Paulo x Nacional
11ª rodada (20/06) – Juventus x São Paulo
12ª rodada (27/06) – São Paulo x Taboão da Serra
13ª rodada (04/07) – Portuguesa x São Paulo
14ª rodada (09/07) – São Paulo x Sorocaba

Regulamento do Campeonato Paulista Sub-15
Na primeira fase, as 63 equipes são divididas em oito grupos (sendo um com sete e sete com oito times). O enfrentamento acontece dentro da chave com turno e returno. Classificam-se para a etapa seguinte os quatro melhores de cada grupo. Na segunda fase, os 32 classificados formam oito grupos de quatro equipes e avançam apenas os dois melhores colocados. A terceira também será dividida em grupos de quatro times, sendo que dois primeiros passam para a fase decisiva. Os oito classificados iniciam fase eliminatória em jogos de ida e volta até que se conheça o campeão.

Por Kokka Sports – Assessoria em Comunicação

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Um goleiro pegador de pênaltis a serviço da categoria sub-15 do São Paulo

Pegar penalidades não pode ser a única virtude de um goleiro, até porque esta circunstância não aparece com regularidade nas partidas de futebol. No entanto, quando uma competição conta com jogos eliminatórios, ter no grupo um atleta com esta especialidade pode ser de grande relevância.

Na Copa do Mundo da FIFA 2014, realizada no Brasil, nós tivemos uma decisão ousada envolvendo um goleiro especialista em penalidades. o técnico da Holanda, Louis van Gaal, mandou a campo o reserva Tim Krul a menos de um minuto do final da prorrogação da partida em que a Holanda empatou em 0 a 0 com a Costa Rica, pelas quartas de final do torneio. A estratégia deu resultado. Na decisão por pênaltis, Krul defendeu duas cobranças e foi fundamental para levar a Holanda às semifinais do Mundial.

Rafael de Lacerda Fernandes, um dos goleiros do elenco sub-15 são-paulino vem se notabilizando por sistemáticas e repetidas defesas ao longo da curta trajetória como arqueiro – já são dez em menos de três anos.

Às vésperas da convocação para a Copa Brasil sub-15, também conhecida como Copa Votorantim, o jovem atleta aguarda ansiosamente que seu nome esteja entre os relacionados e conta com esta fama de pegador de pênaltis para quem sabe fazer a diferença.

- Quero muito jogar esta competição. Venho treinando bem, estou confiante que meu nome possa estar entre os 20. Posso oferecer muito mais do que só pegar penalidades, mas com certeza esta característica pode ser importante – disse.

Desde 2011, quando ainda defendia o Grêmio FBPA, Rafael de Lacerda Fernandes acumula 10 defesas importantes. A mais recente foi no próprio São Paulo, em maio do ano passado, em amistoso contra a Seleção de Flora Rica, município que fica a 650 quilômetros da capital.

Clique no vídeo e assista à defesa de Rafael Fernandes com a camisa do tricolor paulista

Confira a lista das outras nove defesas realizadas desde julho de 2011, quando o atleta tinha apenas 11 anos.

* Campeão do XVII TORNEIO DA AMIZADE Sub-12 – Taquari/RS (outubro/2012). Grêmio FBPA. Defendeu uma penalidade na decisão.

* Campeão, Goleiro menos vazado e Destaque da 1ª COPA DEGAFUT Sub-11 – Novo Hamburgo/RS (Julho/2012). Grêmio FBPA. Defendeu dois pênaltis na decisão e dois nas quartas de final.

* 4º lugar – 4ª COPA INTERNACIONAL DE VACARIA Sub-13 – Vacaria/RS (jan/2012). Grêmio FBPA. Defendeu uma penalidade.

* 3º lugar – 1ª COPA BIGUAÇÚ Sub-11 – Biguaçu/SC (dez/2011). Grêmio FBPA. Duas penalidades defendidas.

* Vice-campeão – 2ª COPA RIO BONITO DO IGUAÇÚ – Rio Bonito do Iguaçu/PR (Julho/2011). Grêmio FBPA. Defendeu uma penalidade na decisão.

O São Paulo é tetracampeão da Copa Brasil sub-15 e nas duas últimas edições sagrou-se campeão justamente nas penalidades máximas. Em 2013 empatou com o Bahia em 1 a 1 no tempo normal e venceu por 4 a 2 nos pênaltis. Em 2014, novamente o triunfo veio nas penalidades. Depois de um 0 a 0 no tempo regulamentar, o Tricolor derrotou o Corinthians por 5 a 4 nas cobranças da marca da cal. Portanto, se os adversários quiserem tirar a hegemonia do São Paulo, é bom não deixar a decisão ir para as penalidades.

Crédito da foto: Arquivo Pessoal | Rafael Fernandes

Por Kokka Sports – Assessoria em Comunicação

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Elenco do São Paulo sub-15 vive expectativa da convocação para a Copa Votorantim

Controlar a ansiedade é o principal desafio para 25 garotos da categoria sub-15 do São Paulo. Isso porque no próximo dia 11 sai a lista final com os nomes dos 20 atletas que irão representar o clube paulista na tradicional Copa Brasil de Futebol Infantil, que acontece entre os dias 15 e 25 de janeiro, no município de Votorantim, distante cerca de 110 km da capital paulista.

10494612_513132172156371_5773635597530550227_n

Rafael em ação no jogo treino contra o Palmeiras em outubro, fora de casa. Placar terminou 1 a 1. 

 

Há um ano integrado às categorias de base do São Paulo Futebol Clube, o goleiro canoense Rafael de Lacerda Fernandes curte o período de festas de final de ano no litoral gaúcho ao lado dos familiares. A folga é breve, pois dia 2 de janeiro já tem reapresentação agendada para a retomada dos treinamentos no CT de Cotia, visando à competição. Costumeiramente tranquilo debaixo das traves, Rafael não esconde a ansiedade para quem sabe disputar o primeiro torneio com a camisa são-paulina, já que esta equipe vem sendo preparada exclusivamente para a Copa Votorantim.

- Estou bastante ansioso, quero muito jogar esta competição. Venho treinando bem, estou confiante que meu nome pode estar entre os 20. Mas tenho que continuar treinando e aguardar o dia 11 – resumiu. 

Antes de partir para São Paulo, Rafael tem a missão de apagar as velas do 15º aniversário, que ocorre no primeiro dia do ano. Ainda com 14 anos, o jovem goleiro do Tricolor atingiu 1,90 metros e utiliza chuteiras de número 43.

Neymar já atuou na Copa Votorantim 

A competição é disputada desde 1991 – com uma pequena interrupção de 1993 a 1997. O Tricolor do Morumbi é o atual campeão e o maior vencedor do torneio. Em 19 edições, o São Paulo venceu quatro vezes (1991, 1992, 2013 e 2014). Coincidentemente, as conquistas recentes são sobre os mesmos clubes das duas primeiras vezes, ou seja, em 1991 derrotou o Bahia e, no ano seguinte, levantou o caneco derrotando o Corinthians. Em 2013 e 2014 as conquistas foram, respectivamente, sobre as mesmas equipes.

A Copa Brasil de Futebol Infantil foi criada pela Prefeitura de Votorantim e já contou com a presença de equipes de 18 estados brasileiros. Modelo de torneio na categoria sub-15, a copa já recebeu jogadores como Neymar, Robinho, Alexandre Pato, Denílson, Bernardo, Everton Ribeiro, Jô e o goleiro Rafael (ex-Santos), se tornando referência nacional na formação de atletas.

Um grande pegador de pênaltis aliado a um time acostumado a vencer nestas circunstâncias

O goleiro Rafael tem se notabilizado por ser um grande defensor de penalidades máximas. Mesmo jovem, desde 2011, quando ainda defendia o Grêmio FBPA, o arqueiro já acumula 10 defesas importantes na curta, mas promissora carreira. E nas duas últimas edições da Copa Brasil sub-15, o São Paulo sagrou-se campeão justamente nas penalidades máximas. Em 2013 empatou com o Bahia em 1 a 1 no tempo normal e venceu por 4 a 2 nos pênaltis. Em 2014, novamente o triunfo veio nas penalidades. Depois de um 0 a 0 no tempo regulamentar, o Tricolor derrotou o Corinthians por 5 a 4 nas cobranças da marca da cal. Portanto, se os adversários quiserem tirar a hegemonia do São Paulo, é bom não deixar a decisão ir para as penalidades. Por conta destas curiosidades, o goleiro Rafael foi destaque na Fan Page oficial do torneio no Facebook.

Confira os grupos da primeira fase da Copa Votorantim 

Sem título

 

 

 

Regulamento: As equipes jogam no sistema todos contra todos dentro do próprio grupo. Classificam-se os dois primeiros para as quartas de final. A partir de então inicia-se a fase eliminatória em jogo único até que se conheça o grande campeão de 2015. A novidade do regulamento para a 20ª edição será o critério de desempate a partir da segunda fase, não havendo mais a prorrogação, seguindo direto para a cobrança de pênaltis.

Crédito foto: Arquivo pessoal | Rafael Fernandes

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Goleiro do São Paulo se prepara para ajudar o clube a buscar pentacampeonato da Copa Brasil sub-15

Desde janeiro integrado às categorias de base do São Paulo Futebol Clube, o goleiro gaúcho Rafael de Lacerda Fernandes treina específica e fortemente visando à disputa da tradicional Copa Brasil de Futebol Infantil (sub-15), realizada anualmente, no município de Votorantim, que fica cerca de 110 km da capital paulista.

Rafael treina forte em busca do pentacampeonato da Copa Brasil Infantil

Rafael treina forte para manter hegemonia do São Paulo na Copa Brasil sub-15

A competição é disputada desde 1991 – com uma pequena interrupção de 1993 a 1997. O Tricolor do Morumbi é o atual campeão e o maior vencedor do torneio. Em 19 edições, o São Paulo venceu quatro vezes (1991, 1992, 2013 e 2014). Coincidentemente, as conquistas recentes são sobre os mesmos clubes das duas primeiras vezes, ou seja, em 1991 derrotou o Bahia e, no ano seguinte, levantou o caneco derrotando o Corinthians. Em 2013 e 2014 as conquistas foram, respectivamente, sobre as mesmas equipes.

O São Paulo tem a filosofia de não colocar os meninos menores de 15 anos para disputar torneios. Portanto, desde que chegou ao clube, no início deste ano, Rafael se dedica exclusivamente a treinamentos e amistosos no CT de Cotia. Eventualmente, o departamento de futebol da categoria agenda algumas viagens para jogos com equipes da região. Na próxima semana, vestindo a camisa são-paulina, Rafael terá os primeiros desafios contra clube de mesma envergadura. Dias 7 e 9 de outubro, o Tricolor vai disputar dois amistosos contra o Palmeiras. Uma partida será em Cotia e outra em São Paulo. A ordem ainda não foi definida.

A preparação é árdua, são quatro dias da semana com quase três horas ininterruptas de treinamentos físicos, táticos e técnicos. E o quinto dia é reservado a encontros com o departamento de psicologia do São Paulo. Mas o goleiro garante que o sonho de se tornar atleta profissional é maior que qualquer sacrifício.

Um grande pegador de pênaltis aliado a um time acostumado a vencer nestas circunstâncias

O goleiro Rafael tem se notabilizado por ser um grande defensor de penalidades máximas. Mesmo jovem, desde 2011, quando ainda defendia o Grêmio FBPA, o arqueiro já acumula 10 defesas importantes na curta, mas promissora carreira. E nas duas últimas edições da Copa Brasil sub-15, o São Paulo sagrou-se campeão justamente nas penalidades máximas. Em 2013 empatou com o Bahia em 1 a 1 no tempo normal e venceu por 4 a 2 nos pênaltis. Em 2014, novamente o triunfo veio nas penalidades. Depois de um 0 a 0 no tempo regulamentar, o Tricolor derrotou o Corinthians por 5 a 4 nas cobranças da marca da cal. Portanto, se os adversários quiserem tirar a hegemonia do São Paulo, é bom não deixar a decisão ir para as penalidades.

Mesmo sabendo da forte tradição do clube e da potencialidade pessoal de pegar penalidades, Rafael revela que é essencial seguir treinando forte para que as vitórias cheguem.

- Estamos muito focados, pois o fato do clube ser o maior vencedor e ter conquistado as duas últimas edições só aumenta nossa responsabilidade. Todos sabemos o quanto é importante manter o título aqui em Cotia – resumiu o goleiro de 1,89 e que completa 15 anos no dia 1º de janeiro. 

Abaixo, seguem as defesas de pênaltis realizadas por Rafael nos últimos anos:

* Vice-campeão – 2ª COPA RIO BONITO DO IGUAÇÚ – Rio Bonito do Iguaçu/PR (Julho/2011).  Grêmio FBPA. Defendeu uma penalidade na decisão.

* 3º lugar – 1ª COPA BIGUAÇÚ Sub-11 – Biguaçu/SC (dez/2011). Grêmio FBPA. Duas penalidades defendidas.

* 4º lugar – 4ª COPA INTERNACIONAL DE VACARIA Sub-13 – Vacaria/RS (jan/2012). Grêmio FBPA. Defendeu uma penalidade.

* Campeão, Goleiro menos vazado e Destaque da 1ª COPA DEGAFUT Sub-11 – Novo Hamburgo/RS (Julho/2012). Grêmio FBPA. Defendeu dois pênaltis na decisão e dois nas quartas de final.

* Campeão do XVII TORNEIO DA AMIZADE Sub-12 – Taquari/RS (outubro/2012). Grêmio FBPA. Defendeu uma penalidade na decisão.

* Amistoso contra a equipe sub-14 de Flora Rica – São Paulo/SP (maio/2014). Defendeu uma penalidade.

Crédito da foto: Arquivo Pessoal | Rafael Fernandes

Por Kokka Sports – Assessoria em Comunicação

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Rafael Fernandes se destaca por defender cobranças de penalidades

No dia 10 de maio, a equipe sub-14 do São Paulo recebeu um selecionado de Flora Rica, município que fica a 535 quilômetros da capital paulista, para a realização de uma partida amistosa e venceu por 5 a 0. Quando o time paulistano derrotava o adversário por um tento, o goleiro tricolor Rafael de Lacerda Fernandes defendeu um pênalti.

Até aí, tudo bem! Dito assim, isoladamente, parece algo comum. No entanto, evitar a conversão de uma penalidade já é algo a ser comemorado por um goleiro, imagine quando esta é a décima cobrança defendida em menos de três anos.

Rafael, que completou 14 anos em janeiro e neste mês de junho acaba de atingir 1,89m de altura, vem se destacando por ser um exímio pegador de pênaltis. Desde 2011, ele vem colecionando defesas nesta modalidade de cobranças.

Ao ser perguntado sobre o por quê da facilidade de pegar penalidades, Rafael afirma que é resultado da serenidade e da concentração. “Procuro ficar tranquilo, pois a responsabilidade é toda do batedor. Além de observar bem o movimento do corpo e do pé de quem vai cobrar”, revelou.

Defesa-de-penalidade-na-final

Campeão defendendo duas penalidades na final em 2012, em Novo Hamburgo/RS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O jovem goleiro iniciou nas categorias de base do Grêmio, depois se transferiu para o Vasco da Gama do Rio de Janeiro e desde o início de 2014 integra a equipe infantil do São Paulo Futebol Clube. Esta categoria não disputa competições, apenas prepara-se através de treinamentos e amistosos para buscar o tricampeonato da Copa Brasil de Futebol Infantil, competição realizada anualmente, em janeiro, no município de Votorantim, no interior de São Paulo.

O time são-paulino deu férias para todos seus atletas da base durante a Copa do Mundo, pois o CT de Cotia está sendo utilizado pelo Seleção Colombiana durante a principal competição do futebol mundial. Rafael aproveita o período para matar a saudade dos amigos e familiares no Rio Grande do Sul. A reapresentação ao Tricolor Paulista ocorre somente no dia 04 de agosto.

Clique aqui e confira a impressionante defesa desta penalidade defendida contra a equipe de Flora Rica, onde Rafael mostra muito reflexo e agilidade.

Abaixo, seguem as demais defesas de pênalti realizadas por Rafael nos últimos anos:

* Vice-campeão – 2ª COPA RIO BONITO DO IGUAÇÚ – Rio Bonito do Iguaçu/PR (Julho/2011).  Defendeu uma penalidade na decisão.

* 3º lugar – 1ª COPA BIGUAÇÚ Sub-11 – Biguaçu/SC (dez/2011). Duas penalidades defendidas.

* 4º lugar – 4ª COPA INTERNACIONAL DE VACARIA Sub-13 – Vacaria/RS (jan/2012). Defendeu uma penalidade.

* Campeão, Goleiro menos vazado e Destaque da 1ª COPA DEGAFUT Sub-11 – Novo Hamburgo/RS (Julho/2012). Defendeu dois pênaltis na decisão (foto) e dois nas quartas de final.

* Campeão do XVII TORNEIO DA AMIZADE Sub-12 – Taquari/RS (outubro/2012). Defendeu uma penalidade na decisão.

* Amistoso contra a equipe sub-14 de Flora Rica – São Paulo/SP (maio/2014). Defendeu uma penalidade.

Crédito da foto: Luciano Gasparini | Kokka Sports

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Atletas sub-14 do São Paulo aprendem a surfar no Guarujá

Nas categorias de base do São Paulo Futebol Clube, o esporte nas ondas serve como complemento à preparação da garotada que está iniciando. Na última quinta-feira (26), 53 meninos da categoria sub-14 do Tricolor paulista participaram de aulas de surfe na Escola do Pirata, na Praia de Pitangueiras, no Guarujá, em São Paulo. Além de aprenderem a ficar em pé na prancha, conheceram um novo universo do esporte, os jogadores também tiveram atividades na areia, incluindo o futebol, é claro.

A iniciativa faz parte do Projeto Superação, do clube são-paulino, e a história de vida de Pirata foi o ponto culminante. Surfista desde os oito anos de idade, Alcino Neto teve a perna esquerda amputada, após um acidente de moto. Hoje, aos 40 anos, ele é destaque do surfe adaptado (pegando ondas com e sem prótese) e um exemplo de superação. Pirata ainda comanda um projeto, oferecendo aulas de surfe e buscando a inserção social para crianças carentes. Além das aulas no mar, os atletas assistiram a uma palestra motivacional com o próprio Pirata.

Pirata_SPFC_260314_Maluf_Winik-24

Pirata (de prótese, no centro) serviu de inspiração para os atletas

Com todo o acompanhamento psicológico e social do Clube, a ação teve como objetivo usar o surfe como ferramenta para desenvolvimento de equilíbrio, concentração, conhecimento do corpo e, acima de tudo, superação.

A coordenadora técnica do setor social do futebol de Base do Tricolor, Mariana Grassia, falou sobre a importância do exemplo de Pirata na vida destes jovens atletas. “A história de superação dele chega muito próximo à vida dos meninos, dos atletas do futebol. Outra pessoa talvez não tivesse a atitude que ele teve, diante da adversidade, de se tornar o profissional que é hoje. E isso mostra que basta você querer. Se tiverem a vontade e o empenho para estarem no profissional, vai depender deles. Todos são amigos, mas ao mesmo tempo são concorrentes e cada um tem de ter dentro de si aquilo que quer para a vida e se superar”, orientou.

Rubens ChiriO goleiro Rafael nunca havia surfado, foi a primeira vez. Mas o que mais chamou a atenção do goleiro sub-14 do São Paulo foi realmente a superação de Pirata. “É emocionante ver que mesmo sem uma perna ele consegue continuar fazendo aquilo que gosta, que é surfar. É um grande exemplo para todos nós”, falou.

Clique aqui e assista ao vídeo feito pela São Paulo TV.

Crédito da foto: Sílvia Winik | Divulgação

Por Kokka Sports – Assessoria em Comunicação

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário